• Amanda Lima

"A fila andou, eu te falei, não deu valor [...] agora chooora"



Mais um dia do nosso Bloquinho das Criptomoedas!!!


Hoje nós vamos olhar em cima do trio e quem está cantando? O Bitcoin!!!


Bitcoin é uma criptomoeda de código aberto, onde sua teoria surgiu no ano de 2008, através de um artigo com formato acadêmico, e a tecnologia que o originou surgiu em janeiro de 2009, a tecnologia Blockchain, quando, então, houve o 1º bitcoin de fato.


Essa primeira moeda virtual surgiu no contexto da crise bancária de 2008 e o principal de seus fundamentos é permitir que uma ou mais pessoas possam realizar transações financeiras sem a necessidade de um intermediário.


O Satoshi Nakamoto, o pseudônimo idealizador do bitcoin, utilizou regras de teoria de jogos para fazer com que a criptografia do bitcoin se tornasse imutável, evitando duplicidade de informação na internet e, consequentemente, a confiança entre as pontas de uma transação sem a necessidade de um ente "custodeante" nesse percurso e a certeza de que o envio da informação financeira vai chegar no destinatário sem risco de desvio para outra pessoa.


A ideia de colocar o Bitcoin em cima do trio veio de uma enquete que fiz neste ano no Linkedin e que 4% das pessoas responderam que não sabem o que é bitcoin. Portanto, se você me acompanha, problema resolvido.


Mas, não existe só o trio do Bitcoin. No percurso, há outros trios, onde podemos encontrar o Litecoin, o Ether, o Bitcoin Gold (este brigou com o Bitcoin e montou seu próprio trio), entre outras criptomoedas.


Ah, talvez você se pergunte "por que não colocar o Satoshi Nakamoto em cima do trio?".


Então, o criador do Bitcoin sempre se apresentou, na internet, com o referido pseudônimo e sua identidade nunca foi descoberta, apesar de várias teorias de quem seja ele. Quem sabe ele não está lá no asfalto pensando "eu caprichei no meu filho Bitcoin!!!".


Segue o bloco.


Amanda Lima.

#direitodigital #bitcoin #blockchain #criptomoeda #altcoins #satoshinakamoto #carnaval2021 #bloquinho #chicletecombanana

0 comentário